quarta-feira, 6 de março de 2013

PLNM 2012-2013

 

Últimas informações do Ministério de Educação de 08/04/2013:


Sua referência: Nossa referência: OFC-DGE/2013/1 08-04-2013
 

 


DSDC/JNE


Assunto: Utilização de Dicionários nas Provas Finais de ciclo, Exames Finais Nacionais e Provas de Equivalência à Frequência



 
1. A utilização de dicionários nas provas/exames finais nacionais pelos alunos de Português Língua Não Materna (PLNM) rege-se pelo seguinte:

a) Os alunos de PLNM não estão autorizados a utilizar quaisquer dicionários na prova final/exame nacional de PLNM;

b) Os alunos de PLNM não podem beneficiar de qualquer outra medida ou tolerância de tempo para além da que está estipulada para os demais alunos;

c) Nas restantes provas/exames finais com enunciado em português é permitido utilizar o dicionário de Português – Língua Materna do aluno e Língua Materna do aluno – Português;

d) No caso de não existir dicionário de Português - Língua Materna do aluno, é permitido utilizar o dicionário de Português - Língua Segunda do aluno e Língua Segunda do aluno – Português;

e) Os alunos de PLNM inseridos no nível avançado não realizam a prova final/exame nacional de PLNM, podendo, no entanto, utilizar o dicionário de Português unilingue apenas nas provas finais/exames finais de Português.

2. A utilização em geral de dicionários nas provas/exames nacionais de disciplinas de língua estrangeira rege-se pelo seguinte:

a) Nas disciplinas de Língua Estrangeira, quando as informações - exame da responsabilidade do GAVE preveem a utilização de dicionários unilingues e/ou bilingues, os alunos podem ser portadores dos seguintes dicionários:
 
i. Dicionário unilingue da Língua Estrangeira a que se reporta a prova;

ii. Dicionário Língua Materna do aluno – Língua Estrangeira;

iii. Dicionário Língua Estrangeira – Língua Materna do aluno.

b) Nas provas de equivalência à frequência das disciplinas de Língua Estrangeira, dos 2.º e 3.º ciclos, os alunos podem utilizar dicionário unilingue e/ou bilingue a que se reporta a prova, de acordo com o previsto nas orientações programáticas das respetivas disciplinas e quando as Informações – Provas de Equivalência à frequência o preveem.

c) Nos exames de língua estrangeira realizados a nível de escola equivalentes a exames nacionais, do ensino secundário, Francês - cód. 317- (iniciação), Inglês- cód. 450- (iniciação), Alemão – cód. 801-(continuação) e Espanhol – cód. 847- (continuação), os alunos podem utilizar dicionário unilingue e/ou bilingue a que se reporta a prova, de acordo quer com o previsto nas orientações programáticas das respetivas disciplinas, quer com as Informações–Exame emanadas pelo estabelecimento de ensino para os referidos exames.

Com os melhores cumprimentos,

O Diretor-Geral

Fernando Egídio Reis
 
 

-----------------------------------------------------------------------------------------------
 ESCOLA SECUNDÁRIA JAIME MONIZ
 
No ano letivo 2012-2013, mantivemos o apoio diferenciado a nível do PLNM a todos os alunos provenientes de outros países, integrados nos níveis iniciação, intermédio e avançado.




 


 
Profª Carla Rodrigues e os alunos de  PLNM (nível avançado), Sebastian de Freitas (10º54), Luís Vieira (10º55) e Alexandre Correia (10º56) 







 


Profª Fátima Caetano e a aluna de iniciação ao PLNM, 
Sofiya Firemanyut (10º42)




 
Profª Carla Martins e os alunos Stanislav Kostiv (11º 30), 
Odlanier Guarema (11º32), António Fernandes (11º32)




 Profª Carla Martins e a aluna Andreea Sirbu (11º45)




 
Profª Fátima Matos e aluno Victor Steve (12º ano, Nível Avançado)